Sabemos que o atendimento jurídico está mudando. Podemos auxiliar nas decisões do seu negócio.

FALE COM O CONSULTOR

Notícias

Banco deve cancelar conta aberta indevidamente

categoria:

Sentença homologada pela 3ª Vara do Juizado Especial Central julgou parcialmente procedente a ação movida por M.M.C de S. contra o Banco Bradesco S/A, condenado a declarar a inexistência de relação jurídica entre as partes e ainda efetuar o encerramento de uma conta corrente aberta indevidamente.

 

A autora narra que no início do mês de outubro de 2012 foi contratado indevidamente em seu nome um empréstimo no Banco BMG, uma linha telefônica e a abertura de uma conta corrente junto ao Banco requerido. No entanto, ao solicitar que o Banco Bradesco encerrasse a conta bancária, o réu recusou-se a efetuar sem que fosse realizado o pagamento das taxas para encerramento da conta.

 

Deste modo, a autora solicitou que o banco seja impedido de realizar a inclusão de seu nome junto ao cadastro de inadimplentes dos órgãos de proteção ao crédito, que seja declarada a inexistência de relação jurídica entre ela e o réu, bem como, seja determinado o encerramento da conta bancária. M.M.C de S. pediu ainda que o Banco Bradesco seja condenado ao pagamento de indenização por danos morais.

 

Conforme sentença homologada, foram julgados procedentes os pedidos para que seja declarada a inexistência de relação jurídica entre as partes, e pelo encerramento da conta bancária aberta no nome da autora, pois mesmo o Bradesco tendo reconhecido que a conta foi aberta indevidamente e afirmado ter cancelado a conta, não foram produzidas provas de que esse feito foi realizado.

 

O pedido de indenização por danos morais foi julgado improcedente, já que o réu sequer chegou incluir o nome da autora junto ao rol de inadimplentes dos órgãos de proteção ao crédito, e o fato da requerida ter entrado em contato com o banco para informar que não havia solicitado a abertura da conta trata-se apenas de um “mero aborrecimento, que não provocou qualquer mancha na honra ou na dignidade da autora”.

 

Fonte: Jurisite

 

Saiba mais sobre assessoria e consultoria jurídica! A Rubens Andrade Advogados é um escritório de advocacia empresarial de Juiz de Fora (MG) e Belo Horizonte (MG) com profissionais especialistas em diversas áreas do direito. Agende uma visita conosco!

Notícias relacionadas:

Santander é condenado em R$ 500 mil por não observar jornada de trabalho

28/04/14

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) estendeu a todo o território naciona...

Banco indenizará cliente por cobrança indevida em débito automático

24/03/14

O Banco Bradesco foi condenado a pagar indenização de R$ 10 mil, por danos morais, e R$ 1.534,62, ...

Banco é condenado por divergência em valores de tarifas

12/02/14

Foi mantida cobrança de multa de mais de R$ 285 mil aplicada pela Fundação de Proteção e Defesa...

Fale com um consultor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *