Sabemos que o atendimento jurídico está mudando. Podemos auxiliar nas decisões do seu negócio.

FALE COM O CONSULTOR

Notícias

Bancos terão regras para aumentar transparência de serviços

categoria:

A partir desta sexta-feira, 15, as relações dos bancos com seu clientes deverão ser mais claras. As determinações são de três resoluções do CMN – Conselho Monetário Nacional. De maneira geral, elas determinam que as instituições financeiras sejam mais transparentes na contratação de serviços bancários, de operações de crédito e de câmbio.

A primeira resolução (4.196/13) dispõe sobre medidas como: esclarecer ao cliente, no ato da contratação da conta bancária, a faculdade de optar pela utilização de serviços; divulgar, em formatos e locais visíveis ao público dentro das agências e na internet; e disponibilizar, em todos os meios de comunicação disponíveis, informações sobre o pacote de serviço contratado.

No mesmo sentido, a resolução 4.197/13 estabelece diretrizes na contratação de operações de crédito. Com ela, os bancos deverão apresentar ao cliente, antes da contratação de crédito e de arrendamento mercantil financeiro, a planilha de cálculo do CET – Custo Efetivo Total.

Com a resolução 4.198/13, o CNM determina ainda que as instituições financeiras que operam no mercado de câmbio informem ao cliente o valor total da operação, em reais, por unidade de moeda estrangeira, antes de realizar a transação.

As duas primeiras resoluções, que tratam da contratação de serviços e crédito, entrarão em vigor a partir de 1º/7/13. A resolução 4.198, sobre as operações de crédito, vale a partir de sua publicação DOU.

Fonte: Migalhas

Notícias relacionadas:

Santander é condenado em R$ 500 mil por não observar jornada de trabalho

28/04/14

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) estendeu a todo o território naciona...

Banco é condenado por não informar motivos para negativa de crédito

14/04/14

Negativa de crédito resulta em condenação de instituição bancária por danos morais.

Banco indenizará cliente por cobrança indevida em débito automático

24/03/14

O Banco Bradesco foi condenado a pagar indenização de R$ 10 mil, por danos morais, e R$ 1.534,62, ...

Fale com um consultor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *