Sabemos que o atendimento jurídico está mudando. Podemos auxiliar nas decisões do seu negócio.

FALE COM O CONSULTOR

Notícias

Empresa é responsável por motorista que causou morte em trabalho

categoria:

Por haver relação de subordinação, uma transportadora e distribuidora de Tocantins terá de pagar R$ 22 mil por danos morais e materiais à família de um ajudante de cargas que morreu em um acidente com o caminhão da empresa. O motorista, que também morreu, dirigia alcoolizado. Para a 3ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, o motorista representava a empresa.

 

A principal discussão em juízo foi se o ajudante estava ou não a serviço da transportadora no momento do acidente. Os dois funcionários partiram de Gurupi para fazer entregas de bebidas em cidades próximas. Concluída a tarefa, eles foram a uma praia de rio da região, onde o motorista teria tomado 18 cervejas.

 

Depois que retomaram o caminho, o caminhão caiu numa ribanceira. Na autopsia do corpo do motorista, ficou constatada a presença de álcool etílico na concentração de 1,0 g/l, quando a legislação não permite qualquer concentração alcoólica.

 

A companheira do ajudante de cargas alegou que ele estava subordinado ao motorista, que seria o representante da empresa no momento. Já a empresa afirmou que o erro foi do motorista, que desviou de suas atribuições, e também do outro empregado. “A vítima tinha plena consciência dos referidos abusos, porque cúmplice”, argumentou.

 

A 1ª Vara de Trabalho de Gurupi condenou a empresa, mas o Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (DF-TO) entendeu que os empregados só estiveram a serviço até o momento em que permaneceram na rota de entrega de bebidas.

 

A decisão regional foi reformada no TST. Para o relator do processo na 3ª Turma, ministro Alexandre Agra Belmonte, o motorista era de fato representante da empresa no momento do acidente. A decisão foi unânime. Com informações da Assessoria de Imprensa do TST.

 

Fonte: Consultor Jurídico

Notícias relacionadas:

Empresa de turismo deve pagar tratamento de passageiro vítima de acidente com ônibus

15/09/14

Foi mantida decisão que condenou a Pluma Conforto e Turismo a arcar com despesas médicas e odontol...

Concessionária é condenada por acidente de trabalho com pintor autônomo

21/07/14

A concessionária Gravataí Veículos Ltda., do Rio Grande do Sul, foi responsabilizada pelo acident...

Tribunal mantém condenação de prefeitura por acidente de trabalho

19/05/14

Um servidor da Prefeitura de Santos receberá do município indenização em razão de acidente sofr...

Fale com um consultor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *